sábado, 31 de dezembro de 2011

A vida ficou pequena demais e precisa de uma nova?


A vida ficou apertada, pequena demais, e precisa de uma nova? O ano não será novo se os caminhos continuam velhos. For your soul...

Essa canção é pra você - Feliz ano novo



A questão não é sorrir ou chorar, a questão é com quem e pra quem será o teu riso ou tuas lágrimas. Que as lágrimas sejam de alegria, assim como o riso. Pois o riso pode não ter nada a ver com alegria.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

você pode ter - improviso



você pode ter a casa repleta d amigos.
Paredes e pisos cobertos de bens.
Ter um carro do último tipo.
A andar conforme der na cabeça.

Você pode ter tudo aquilo que sonhar
Mas nunca terá a paz que existe lá dentro
Que não se encontra pra poder comprar
Porque essa paz só tem a pessoa
Que se encontra com Cristo.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Till We Meet Again - Kirk Franklin / Newest Version



May his peace be with you till we meet again
May his peace be with you till we meet again
Till we reach that distant shore
And we'll shed a tear no more
May he give you strength to endure
Till we meet again

May his love be with you till we meet again
May his love be with you till we meet again
Till we reach that promised land
And we'll walk hand in hand
May he give you strength to stand
Till we meet again

Até que a gente se encontre novamente




Música de Kirk Franklin - Till We meet again

"Que haja paz contigo até que a gente se encontre novamente" I've got tears in my eyes, tears of happiness of course, to know and understand that we belong to Him who is.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

A base de onde me lançarei

Decidi criar alguns outros blogs e manter o boa árvore apenas para postagens concernentes ao tema proposto que é refletir sobre a condição dos valores de Deus e os caminhos propostos pelo homem na tentativa de vivenciá-los nas suas diversas manifestações. Todavia se faz necessário uma visão crítica de tudo aquilo que chamamamos de "A vontade de Deus" para o ser humano no tocante a sua vida, suas escolhas e suas ações. Mas há uma base da qual me lançarei nessa aventura, nessa busca: as palavras daquele que diz ser o caminho, a verdade e a vida. Para mim, não houve ninguém com tamanha ousadia e coragem. Todos os outros grandes líderes da história, por mais sábios que fossem e apesar de suas inúmeras qualidades, e embora mereçam o nosso respeito e admiração, não coseguiram nem de longe transformar a vida das pessoas como Ele o fez e continua a fazer. Ele disse também que estaria conosco até a consumação dos séculos. Como? Nesse caso a fé há de falar mais alto. Fé não se conta, não se sente, se vive. É uma escolha, um estilo de vida. O justo (todo pecador arrependido) viverá da fé pois sem fé é impossível agradar a Deus. Abraço e que você sinta o amor dEle como nunca antes.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Christian Hosoi prays for Jay Adams (legendado)

This brought tears to my eyes. As a skater myself I grew up watching Hosoi skating. We're not perfec. We'll commit mistakes but it's not just being a christian it's about letting Christ shape your life til we stop breathing. Of course we may end up away from Jesus forgetting all the things he said and taught us through the bible.

terça-feira, 18 de outubro de 2011

A Mancha

Essa mancha apareceu pequenina e inofensiva, cresceu e logo procriou também. Vamos ver até onde consigo aguentar sem ter de me individar comprando outro. Esse era um monitor TV com apenas 1 ano e pouco de idade. Suspeito que o meu gato urinou nele pois havia uma marca nele antes da mancha aparecer.

domingo, 2 de outubro de 2011

Aula de skate - bs / fs rock and roll

Faça um aquecimento e alongamento antes de executar essas manobras. No início escolha transições pequenas.

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

His eye is on the sparrow cover by me



Why should I feel discouraged
Why should the shadows come
Why should my heart be lonely
And long for heav'n and home,
When Jesus is my portion,
My constant Friend is He;
His eye is on the sparrow,
and I know He watches me.

I sing because I'm happy,
I sing becauseI'm free;
His eye is on the sparrow,
And I Know He watches me.

sábado, 13 de agosto de 2011

Além da Máscara - Pouca Vogal

Além da Máscara é uma composição do Humberto Gessinger. Um cara humanista e pelo que me parece, também ateu. Analisando a letra tiro minhas conclusões: Às vezes é preciso desacreditar de tudo sem perder a fé. Ouça e tire as suas. Ótima letra.

Agora que a terra é redonda
E o centro do universo é outro lugar
É hora de rever os planos

O mundo não é plano, não pára de girar
Agora que o tempo é relativo
Não há tempo perdido, não há tempo a perder

Num piscar de olhos tudo se transforma
Tá vendo? Já passou, mas ao mesmo tempo
Fica o sentimento de um mundo sempre igual
Igual ao que já era de onde menos se espera
Dali mesmo é que não vem

Agora que tudo está exposto
A máscara e o rosto trocam de lugar
Tô fora se esse é o caminho

Se a vida é um filme, eu não conheço diretor
Tô fora, sigo o meu caminho
Às vezes tô sozinho, quase sempre tô em paz

Num piscar de olhos tudo se transforma
Tá vendo? Já passou, mas ao mesmo tempo
Esse mundo em movimento parece não mudar
É igual ao que já era de onde menos se espera
Dali mesmo é que não vem

Visão de raio-x, o x dessa questão
É ver além da máscara além do que é sabido
Além do que é sentido, ver além da máscara

terça-feira, 26 de julho de 2011

A cor do calor



Uma luz se pôs no horizonte
O coração se aqueceu outra vez
Já não lembrava mais da cor do calor
Hoje as coisas são mais alegres e vivas
Não que não fossem antes
Eram artificiais

O ontem é apenas um quadro na parede
Que me mostra como o futuro deve ser
Não preciso dos disfarces que criei
Não me encontro mais no tempo que aprendi
A realidade me alcançou
E me encheu de presentes


Hoje é dia de te encontrar
Hoje é dia de te viver
Te mostrar ao mundo e o mundo ser melhor
Você fez por mim tudo que eu precisava
Agora cabe a mim
Não estou sozinho
E a força que tenho não é minha

jasieLCalixto

Água e Luz pra sua vida



Água que desce, água que sobe e a luz que brota.

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Um pouco de Bossa - Tom Jobim cover chords lyrics

Fundamental é mesmo o amor...
If you got disappointed with the chords it's because I've played it by ear. It was not my intention to play the original. se você se decepcionou com os acordes foi porque não era minha intenção buscar a cifra "original" na internet e por isso improvisei e toquei de ouvido mesmo.

terça-feira, 19 de julho de 2011

Thank you - boArvore original song

This was the first song I wrote when I surrendered my life to Jesus 17 years ago. I wrote this version in English and my friend Mike did some word corrections.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Yellow Coldplay cover chords lyrics

Winter here in Brazil is anything but cold. The weather is too hot now. I've decided to do a Coldplay cover just to bring some balance

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Sonho que se sonha só - o Início de um sonho . Cover by me.

Desde aqueles que idealizaram, financiaram, apoiaram, visitaram, oraram, levaram lanche, fizeram vaquinha (e que vaquinha generosa) pra comprar material, até o amigo que me indicou o pedreiro, e ao pedreiro que se tornou meu amigo, esse vídeo eu fiz pensando em vocês. Esse sonho era só meu e vocês fizeram parte. Quando sonharem, que eu seja parte também, de alguma forma, dos sonhos de cada um de vocês. Nunca me esquecerei desse acontecimento. Obrigado.

the rock and the roll - Dia do Rock

domingo, 10 de julho de 2011

Não canto pra enganar

Dizer não é difícil porque você pode frustrar um monte de gente que tenta te manipular e ainda por cima ser visto como vilão e culpado. Que a nossa escolha seja sim, sim , não, não. Bom domingo à todos.

sexta-feira, 1 de julho de 2011

the rock and the roll - Dízimo


O dízimo ou oferta deve ser uma atitude voluntária e não fruto de uma imposição, manipulação ou qualquer outra forma de controle.

sexta-feira, 24 de junho de 2011

A alegria que sinto em ti me faz chorar me faz sorrir

O que é a tristeza? o que é a alegria? Senão o olhar de quem é capaz de sentir. O que é o choro e o que é o riso? A alegria pode fazer chorar e o choro pode fazer sorrir.

terça-feira, 24 de maio de 2011

How are you feeling today? - Nobody home

boArvore skate project has the purpose of getting the youth attention to skate as a lifestyle and more than that. It's a way to express what they're feeling and a chance to make things better.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

O tom do amor ( a condição do amor humano)

A frase "às vezes o amor quer ferir" me soa estranha. No entanto a condição do amor humano é essa. Ele está longe de ser perfeito. Gostei da letra e da melodia dessa canção. Música de Paulinho Moska cover by me.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

the Rock and the Roll - Fé


Criei esses personagens apenas para dialogar sobre a condição e os rumos que a igreja tem tomado. A intenção é tentar trazer uma reflexão sobre a proposta de Cristo, o cabeça da Igreja, e os caminhos que muitas vezes o corpo escolhe trilhar.

sábado, 12 de março de 2011

Be blessed by this song

I took the picture of this video here in my frontyard. I liked it. Didn't even need to use photoshop :) Be blessed with this song recorded here in my future home studio.

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Onde fica a porta do céu?

Você pode me dizer onde fica a porta do céu? Apesar de imenso, além da compreensão, o céu possui apenas uma porta cuja chave está disponível pra quem quiser.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Meu compromisso com a Vida

Meu compromisso com a vida
Ricardo Gondim

Olho para o passado com lascas de nostalgia e pontas de melancolia. Caminhos que nunca trilhei hoje parecem bem mais fáceis. Amores que exigiram coragem voltam a me seduzir para me deixar ainda mais triste. Aventuras que nasceram de narcisismos e falsas onipotências reclamam explicações; como justificar tanto delírio? Não, não pretendo remontar passado. Desisto de qualquer tentativa de ressuscitar o que jaz sob o lajeado da decepção.


Para refazer meu compromisso com a vida, abandono o rigor de um humanismo idolátrico. Não idealizo as iniciativas ideológicas. Sei que toda instituição convive com o germe de sua própria inutilidade. Também não me prostro no altar do niilismo; descreio da capacidade humana de erguer-se pelos próprios cadarços. Meu existencialismo é frágil, carregado de suspeita. Minha religião, cheia de decepção. Minha ideologia agoniza debaixo dos escombros da modernidade.

Para refazer meu compromisso com a vida, largo na beira da calçada as metas-narrativas. Desconfio dos projetos globais. Incoerência entre discurso e prática me desesperam. A incapacidade de vertebrar o que acredito de coração me enoja. Criei cismas. Rio por dentro; é meu jeito de sobreviver aos ufanismos que tanto me irritavam no passado. Sei que preciso aniquilar os fantasmas que me deixaram com a sensação de ser um deus.

Para refazer meu compromisso com a vida, desisto de tentar levar a ferro e a fogo qualquer coisa. Erros me fizeram bem. Boas ações me arruinaram. Amigos me entristeceram. Desconhecidos me acolheram. Quando planejei, empaquei. Por outro lado, inesperadamente a vida deu certo sem planejamento. Sofri também com pecados. Paguei um alto preço por ser indolente. Mas, incrível, quando deixei para o dia seguinte o que deveria fazer hoje, foi bom.

Para refazer meu compromisso com a vida, quero ser leve como a pluma que escapou da asa do cisne, denso como o ruço que cobre a madrugada, escuro como a noite tropical sem lua, e transparente como o mar do Mediterrâneo. Hei de aprender a não discursar. Almejo ser mais enfático mas só em ternura; mais brando em afirmações. Pretendo rearrumar minha oratória. Quero voltar a olhar para o nada, como as crianças; a entrecortar frases com longas pausas, como os monges; a ritualizar os instantes, como os namorados.

Para refazer meu compromisso com a vida, espero envelhecer sem casmurrice. Acolher as doidices dos jovens, lembrando de como as minhas faziam sentido. Celebrar cada manhã como uma ressurreição. Aguardar o pôr-do-sol como uma grávida anseia pelo primeiro choro do filho. Plácido como um lago entre duas montanhas, espero encarar a morte. E que não reste nenhuma nesga de frustração em minha alma. E que eu descanse no sábado final com um sorriso maroto, sorriso de quem foi embora dizendo: valeu viver.

Soli Deo Gloria.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

objetivo, subjetivo, objeto e subjeto



Você é objetivo e eu subjetivo.
Você é verbo e eu substantivo.
Você é sujeito e eu objeto.
A ordem das palavras não tem importância mas mudam o sentido.
A importância está em saber brilhar sem ofuscar o sentido do outro.

escrito por Jasiel Calixto

O uniforme



O uniforme é identificação e perda de identidade.
É objetivo, meta e mata.
É obrigação e dever, é possibilidade e impossibilidade. É a massa.
A essência é roupa que não se troca e cujo tecido não foi fabricado.
Se lava no próprio corpo mas não se passa.

Escrito por Jasiel Calixto

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Conexão da Graça: Quando Uma Igreja Fica Sem Graça?

Conexão da Graça: Quando Uma Igreja Fica Sem Graça?: "Por Franklin Rosa Como alguns já disseram, a Igreja é uma comunidade terapêutica com a missão de mostrar o caráter de Cristo através das boa..."

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Os valores do reino de Deus na MPB



por Moisés França

“Coisas que a gente se esquece de dizer/ frases que o vento vem às vezes me lembrar/ coisas que ficaram muito tempo por dizer/ na canção do vento não se cansam de voar”. Esse verso é de Marcio Borges, na canção “O Trem Azul”, do seu irmão Lô Borges, (ambos, na liderança de Milton, formaram na dácada de 70 o Clube da Esquina, um dos principais movimentos da MPB que alcançou o mundo).

A letra é um tapa no orgulho de quem pensa que criou algo que antes não existia. Dá-nos a idéia de que o que é novidade não passa de uma mera recriação do que já existe, ou, uma revelação do que estava encoberto; ou, outra forma de dizer o que já foi dito.

Percebamos que a própria letra da música revela a intenção dos autores, pois a mesma, embora escrita de forma bela e peculiar, seja um outro jeito de dizer o que o rei Salomão há três mil anos já havia dito, inspirado por Aquele que lhe concedeu sabedoria: “O que foi é o que há de ser; e o que se fez, isso se tornará a fazer; nada há, pois, novo debaixo do sol”. (Eclesiastes 1: 09).

Poderíamos citar outras canções que contém verdades absolutas cuja fonte é Deus. Cito: “O mar quando quebra na praia é bonito demais”, de Dorival Caymmi; “Quando entrar setembro e a Boa Nova andar nos campos/ quero ver crescer nossa voz no que falta sonhar/…quero ver crescer o perdão onde a gente plantou…”, de Beto Guedes e Ronaldo Bastos. Ainda Renato Russo, que cantou “Monte Castelo”, uma versão de Coríntios 13, grande sucesso de Legião Urbana é mais uma.

Onde quero chegar?

Creio que o sagrado está presente não somente dentro dos nossos arraiais. Aliás, pelo contrário. Há muito de profano em nossas tribos que chamamos de “meio evangélico”, “meio gospel”, e até “meio católico”. Pensando bem, essa palavra “meio” chega a ganhar duplo sentido. O que é meio deixa de ser inteiro. Deixa de ser integral, completo.

Deus usa quem quer, independente dessas gaiolas que nós chamamos de “lugares sagrados”. Os valores do Reino estão presentes onde menos se esperam. Lá fora as pedras estão clamando e até proclamando com honestidade, integridade e coerência, o que deveríamos fazer tão bem quanto, já que nem sempre conseguimos fazer melhor.

Faço parte de uma instituição que chamamos de religiosa, e não desprezo, tem a sua importância; porém, a cada dia me sinto mais distante da possibilidade de me apegar a ela como sendo algo sagrado em si mesma.

Não sacralizo templos, prédios, instituições, denominações, religiões, dogmas, nem paredes, nem plataformas, nem púlpitos, nem fachadas de igrejas. A beleza divina, além da natureza e a criação em si, sobremodo está em pessoas. O sagrado habita no nosso coração enganoso, mas que sabe se arrepender, se corrigir na graça de Deus. É aí que o que é santo se revela e daí seus frutos se propagam. São sinalizações da justiça do Reino aqui e agora, mesmo que em parte!

Mas o sagrado habita também o coração do artista que tem fome e sede de justiça e expressa isto através de sua arte. Do intelectual ateu, que chega a ser mais profeta que muitos religiosos. Este vai à imprensa apaixonadamente denunciar mazelas em nome da justiça através de seus escritos. Já dizia Chaplin: “Sois homens, não máquinas!” E quando alguém se sensibiliza diante das injustiças sociais e toma alguma atitude, desprovido de egoísmo e vaidades pessoais, isto sinaliza o Reino.

Que nossa música e nossos textos, aqui e acolá, comprometam-se acima de tudo com a gramática da vida, não apenas com a gramática das expressões bem colocadas em nossos versos, embora isso não seja qualquer coisa. Que cantemos com paixão e fé o que não conseguimos conter em nós mesmos de tão grande que é: as virtudes do Reino, que “estão no meio de vós (nós)”.

Esses, que muitas vezes chamamos de ímpios, muito têm a nos ensinar. Não vamos os imitar no seu modo de viver, que não glorifica a Deus (embora alguns sigam Jesus e não saibam); mas temos muito a imitá-los na sua preocupação com o mundo e expressar tudo isso em canção, em poesia, em proclamação que fujam do lugar comum; casando o que pensamos com o que expressamos, com verdade e beleza.

Já se foi o tempo em que a nomenclatura “evangélico” significou algo tão importante para mim. Prefiro voltar ao começo e dizer do privilégio de apenas ser um discípulo do Mestre Jesus de Nazaré e serví-lO por onde eu passar, buscando a cada momento perceber os sinais do Reino que há de vir em sua plenitude!

fonte: Moisés França Blog

Carinhoso by João Alexandre

Gostei da história do Alex Acuña e do Pixinguinha contadas aqui pelo Jõao.

sábado, 22 de janeiro de 2011

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Os ponteiros do relógio



Para que serve
o para quedas,
o para doxo,
o para lelo,
o para normal,
a para bólica,
o para pente,
a para lisia,
o para digma e a parede?
- Para com isso. Pare de inventar. A parede é pra separar.Se parar aqui não será possível chegar. Além do mais agora não se pode mais parar.
Pois o sinônimo de parar é morrer. E ainda não é hora. A hora?
Melhor atrasar os ponteiros do relógio.

Jasiel Calixto

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Tudo Bem

Em 2011 deixemos as farpas e as mentiras e experimentemos o único amor capaz de nos curar totalmente.